Comentando sobre um One-Shot - Futatabi

FUTATABI - Uma mistura entre o romântico e o genial



Hoje eu trago esse ótimo one-shot do nosso amado Kentaro Miura (criador de Berserk e Gigantomakhia).

Vamos começar pelo fato de que a história é super envolvente mesmo não sendo longa, é muito detalhada e com artes bem expressivas.

Oque mais empolga nessa trama é a facilidade que tudo se desenvolve, diferente de alguns one-shots que a história é superficial e corre muito rápido, de uma maneira que o leitor as vezes não consegue acompanhar. Ele é muito bem produzido e nos faz sentir que já vimos bem mais do que apenas algumas 50 páginas (aproximadamente).

A obra conta a história de uma sociedade que vive no subterrâneo devido a um conflito armado na América do Norte. Agora eles mantém sob controle a taxa de natalidade e separam os homens das mulheres em áreas A e B. Onde acabam completamente com a possibilidade dos homens conhecerem as mulheres e vice-versa, fazendo eles nem ao menos saberem da existência um do outro.
Tudo isso muda quando uma garota foge e encontra um "novo mundo" a área dos homens, ela encontra um garoto que a ajuda enquanto os seguranças (policiais e sei lá oque) estão atrás dela, e claro, ele acha estranho um menino ter peitos inchados (ri demais com essa parte).
Bem eu particularmente achei essa história muito romântica e interessante. É encantadora, a maneira com que tudo acontece. Eu adorei esse One-Shot !

~TS

Comentários

  1. Bela sinopse. Miura e gênio em construir mundos, já li outros one-shots dele as histórias e mundo que ele cria deixa sempre a impressão de ser um gatilho para algo ainda mais grandioso e uma pena que o mesmo tem dificuldades em trabalhar em sua obra principal, porque certamente esse one shot daria outra obra muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo, mas acho que por esta obra ser um one-shot que ela se desenvolveu tão bem, se fosse maior talvez não teria deixado aquele fascinante gostinho de quero mais.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas